Lousada, 2019
Ano Municipal da Educação

DYSPRAXIATHECA

Biblioteca digital para a educação sobre a dispraxia

A dispraxia pode afetar qualquer uma ou todas as áreas de desenvolvimento - físico, intelectual, emocional, social, linguagem e sensorial - e pode prejudicar o processo normal de aprendizagem. Tem impacto em 4 principais atividades nas escolas: leitura, escrita, aritmética e organização.

Por esta razão, decidimos criar a primeira biblioteca digital aberta com o objetivo de melhorar a qualidade de ensino dos alunos com dispraxia ou, por outras palavras, melhorar o seu acesso, participação e desempenho no sistema de ensino.

Iremos concentrar-nos em alunos entre 6 e 15 anos de idade e nos seus professores. Na verdade, esta é a faixa etária em que dispraxia normalmente é detetada e as necessidades tornam-se cruciais.

A Biblioteca tem o objetivo prático de reunir pelo menos 700 recursos de apoio:

• Uma biblioteca de 500 livros adaptados da literatura clássica europeia (romance, teatro, poesia ...);

• Um banco de dados de 100 exercícios interativos que abordam os 4 temas principais (leitura, escrita, aritmética e organização) e para os 10 níveis de bolsas de estudo;

• 50 Exemplos práticos para explicar como apoiar e integrar um aluno com dispraxia numa sala de aula

• 50 Aulas modelo para os professores para facilitar a sua prática diária e promover uma melhor compreensão do modo como as lições podem ser adaptadas.

 

Coordenador do projeto:

Les Apprimeurs (Serviços e conteúdos digitais): Paris - França.

 

Parceiros:

- Direção Regional da Educação em Karditsa Grécia;

- Município de Lousada;

- SCS LogoPsyCom (integração de pessoas com deficiência e distúrbios de aprendizagem: Mons - Bélgica

- Edulog (Serviços e conteúdos digitais) Paris - França

- Fondazione Centro Studi Villa Montesca (Centro de estudos e formação): Citta di Castello – Itália


www.dyspraxiatheca.eu

 

Próximos eventos
Lousada no Facebook
© 2013 Cm Lousada Todos os direitos reservadosDesenvolvido por